quinta-feira, 26 de agosto de 2010

John Constantine – Hellblazer.

Muitos são aqueles que conhecem a má fama de John Constantine, alguns poucos são aqueles que ainda não leram suas histórias. Vamos aqui no blog Espaço Vertigem com um texto comentando um pouco sobre o mago inglês, para logo depois começarmos a disponibilizassão de suas histórias.
John Constantine é um personagem do Selo Vertigo. Surgiu como personagem secundário nos anos 80 na revista Monstro do Pântano. Conta-se que o Monstro do Pântano foi um dos hqs seminais para o selo Vertigo. As vendas eram muito boas inicialmente e o personagem bem adorado. Entretanto, depois de um tempo as vendas baixaram bastante, e os editores não querendo terminar com o quadrinho, resolveram chamar alguns roteiristas para a criação de novos arcos. Alan Moore, um dos loucos das hqs, assumiu a revista e fez com que as boas vendas voltassem. Em algumas das histórias, Alan com seus amigos, queriam colocar cantor Sting nos roteiros, não podendo porque ficaria fantástico ou estranho demais, criaram um personagem de um mago inglês trambiqueiro que não parava de fumar, e era meio parecido com Sting. O tempo foi passando e o personagem crescendo dentro das histórias, até que chegou sua “revista solo”, Hellblazer.
Filho de Mary Jane Constantine e Thomas Constantine, irmão de Cheryl e tio de Gemma, John Constantine quando nasceu trazia com ele um irmão gêmeo, que não sobreviveu. Sua mãe Mary também não suportou o nascimento de John, que veio ao mundo maior e mais gordo do que o esperado. Seu pai Thomas sofreu bastante com a morte da mãe se tornando um velho ranzinza e rancoroso, criando os filhos sozinho. Quando adolescente e iniciando seus estudos sobre bruxaria e ocultismo, seu pai em certo momento queimou os livros do filho, tentando puni-lo por um caminho que achava ser errado demais. Para descontar sua raiva, John fez um feitiço para matar o própio pai, que depois de ficar doente só não morreu porque John conseguiu depois de sentir remorso pelo feito, estaguinar o processo da magia.
John constantine em sua vida adulta se tornou um mago inglês trambiqueiro, trapaceiro, sempre com um cigarro entre os lábios, sempre caminhando como um personagem solitário dos velhos westerns. Sempre de um lado ao outro tentando não se meter em mais confusões do que se mete. Coisa simplesmente impossível. Constantine já fez trato com demônios, foi preso, e roubar e ser roubado são o de costume em sua vida. John é uma das melhores personificações do anti-herói nas hqs. Ele mesmo tentando salvar o mundo está mais preocupado em salvar seu próprio rabo das confusões. Coloca amigos no meio das brigas e nem sempre é capaz de salvar suas vidas. Solitário, melancólico, pessimista, Constantine anda pelo mundo das hqs sempre com sua dor e sua culpa pelas grandes erros que já cometeu na vida.
A HQ Hellblazer já foi escrita por muitos roteiristas, que vão de Grant Morrison, Neil Gaiman, à Garth Ennis e Brian Azzarello. Nos próximos posts, sem muita conversa, começo a disponibilizar as hqs escritas por Jemie Delano que ficou durante mais de 36 edições como roteirista do personagem.

2 comentários:

Dark disse...

AAaadoro HQS...
só não me pergunte algo a respeito dos criadores,sou uma negação para reter informações.
Ah interessante os dois espaços, apesar do outro não está sendo atualizado.
Obrigada pela a visitinha.

Bill Carson disse...

Olá Dark, por aqui vou tentar postar links de Hqs legais, esteja sempre convidada para passar por aqui e conhecer mais um pouco então.

E lá no Público e Privado também estou tentando sempre manter atualizado pelo menos uma vez por semana.
:)