quinta-feira, 10 de maio de 2012

Bob and Harvey - Dois Anti Heróis Americanos.



Resenha por Carlos Alberto.

Harvey Pekar trabalhou sua via inteira em trabalhos normais, foi arquivista de empresa, onde criava intervalos para vender discos para conseguir uma grana a mais. Conheceu o desenhista Robert Crumb quando foi apresentado a um colecionador de discos de Jaz. Harvey colecionava discos de jazz de forma compulsiva, como se fosse um viciado em drogas. Depois de conhecer Crumb e voltar a ler HQs, resolvei escrever suas próprias histórias, percebendo que existiam histórias que talvez ainda não estivessem sendo contadas. Os escritores e desenhistas de super heróis tinham que chamar a atenção das crianças e adolescente, os escritores de Hqs underground faziam seu trabalho, mas Pekar viu que talvez existissem histórias que não estavam ainda sendo totalmente contadas por aí, ou quis simplesmente contar sobre o dia-a-dia da maneira como ele via as coisas. Depois de certa luta, conseguiu em parte se livrar do vício de colecionar discos raros, que o tomava tempo, energia e dinheiro, e passou a escrever.

Começou escrevendo roteiros e os desenhando com desenhos de palitos, e ao mostrar para amigos, Crumb foi um dos que se interessou em dar uma força e desenhar suas histórias. Neste livro, "Bob and Harvey" esta à mostra esse companheirismo entre o roteirista Harvey e o desenhista Bob.

Harvey publicou durante tempo sua revista "American Esplendor" onde contava suas histórias, e foi chamando a atenção do público. Sua forma de escrever e contar as pequenas coisas do cotidiano foi tomando espaço entre os leitores de HQs autorais. Harvey escreve sobre as pequenas coisas do dia a dia, aquilo que passamos e mal percebemos, como uma ida ao supermercado e a melhor forma de não passar uma hora para fazer suas compras, ou sair pôs aí e vender discos para pessoas que nem sempre querem comprar. O cotidiano com suas familiaridades.

Considerado um egocêntrico, Pekar é um autobiógrafo registando de maneira compulsiva as histórias que se passavam ao seu redor. Ao final do Harvey e Bob, percebemos que Harvey não se curou de um vício de colecionar discos raros, mas sim só o trocou pelo vício de colecionar histórias do cotidiano. Para nossa sorte.

Bob and Harvey - Dois Anti Heróis Americanos
Harvey Pekar e Robert crumb
Conrad Editora
Scans por Rapadura Açucarada

Baixe aqui.

Um comentário:

Bruce Wayne. disse...

Passei horas até finalmente achar o seu site e nele o que eu procurava: O fanzine do Anti-Heroi Americano.
Muitio obrigado mesmo, quando finalmente encontrei ainda bem que o link ainda ta online.